PT/EN - Minha apresentação para LeoFinance || My presentation for LeoFinance

English version below

leo2.webp

Olá pessoal. Hoje vim me apresentar formalmente para a comunidade da Leo Finance. Embora eu não seja realmente novo na comunidade eu fiz pouquíssimos posts por aqui e nunca fui muito ativo por escrever pouco sobre finanças. Até hoje a maioria dos posts que usei a tag leofinance era sobre jogos play2earn e na maioria das vezes eu acabo falando mais do aspecto de jogo do que de investimento. Isso mudou com essa campanha incrível que está acontecendo em volta da nova UI e das threads e a forma que a campanha foi feita me fez querer participar ativamente cada vez mais e me mostrou que não preciso falar unicamente de finanças para fazer parte da comunidade.

Então vamos ao que interessa que é minha apresentação!

Leo1.webp

Quem sou eu

Me chamo Filipe Valentim e na Hive sou conhecido como lipe100dedos. Sou gamer, dançarino, admnistrador, marido da Tamara Nascimento(@splinter100dedos) e pai da Ariel(minha gata <3 ).

Vamos falar um pouco mais sobre cada uma dessas características abaixo.

Gamer

Não consigo me lembrar na minha vida uma época em que eu não tenha sido um gamer. Ganhei meu primeiro vídeo game aos 3 anos e sinceramente nem me lembro dele, era um atari e muitas vezes até esqueço que já tive um. Mas foi aos 6anos que ganhei meu Master System e comecei minha vida nos jogos com Alex Kid como meu primeiro vicio e Sonic minha primeira paixão. Eu me recusava a ir pra escola sem fazer minha jogatina matinal.

Aos 6anos foi também que conheci o jogo de tabuleiro Hero Quest que me iniciou nos RPGs de mesa e aumentou meu interesse em jogos que me fizessem pensar mais do que agir ou ao menos que tivesse que pensar e agir. E sem saber ali começava a historia de toda uma vida e toda a preparação pra ser um fanático por MMORPG.

Em 2003 com 16anos comecei a jogar Mu online e em pouco tempo descobri que podia ganhar dinheiro jogando. Na época eu tinha um personagem relativamente forte e uma Bless valia em torno de R$5 e eu conseguia pegar no mínimo umas 5 por dia e com um pouco de sorte se dropasse algo raro podia fazer até 50 em um dia de muita sorte. Levando em conta o salario mínimo de R$240 em 2003 vocês podem imaginar como eu me sentia rico jogando né? Claro que como todo bom gamer boa parte eu usava para melhorar meus equipamentos e como todo bom adolescente o que sobrava eu usava pra fazer churrasco todo fim de semana com os amigos e comprar bebidas já que a única conta que eu tinha era minha internet.

Os games diminuíram e acabo me afastando e voltando dos MMORPG com frequência ,principalmente Mu e Tibia que todo ano acabo retornando nem que seja por 1 semana pra ver que não tenho mesmo tempo pra MMO.rs Com a escassez de tempo por conta do trabalho acabo buscando jogos que me tomam menos tempo como card games e idle games e foi assim que descobri o @splinterlands e a Hive, mas isso falaremos mais a frente.

Minha Agility Elf Nymeria no servidor Yggdrasil do Global Mu Online

Administrador

Parando pra pensar desde muito cedo tinha uma atitude empreendedora e uma certa inclinação pra administração. Tendo meu primeiro negocio, que eu nem via como um negocio mas levava como um, aos 16 com uma pagina de compra e venda no blackmarcket de Muonline onde vendia itens que eu mesmo pegava e intermediava itens de terceiros, já que eu tinha uma certa credibilidade por já ser conhecido e ser de uma guild renomada.

Durante minha adolescência e inicio da vida adulta fiz bastante coisa pra ganhar grana, a maioria delas envolvidas em compra e venda de itens de jogos e cartas de Magic: The Gathering que na época era uma febre, existia apenas uma loja em um bairro distante de onde eu morava onde tinha uma venda de cartas avulsas significantes e meus amigos adolescentes não podiam ir porque era longe, então eu ia comprar as cartas que se encaixava no deck deles e vendia colocando um valor em cima. Tambem montava decks e vendia pronto por valores abaixo dos decks iniciais vendidos em loja para aqueles que não tinham problemas em usar deck de segunda mão.

Mas nada disso que falei antes era feito com consciência de negócios. Foi em 2007 aos 20anos que comecei meu primeiro emprego de carteira assinada e tive a vivencia de trabalhar em uma grande empresa. Comecei como vendedor na empresa Ricardo Eletro que e em 6meses de trabalho fui promovido a subgerente, tendo assim minha primeira experiencia com administração de empresas e nesse momento comecei a cursar administração na Unigranrio com o objetivo de progredir na carreira dentro do comercio. Em 2008 fui promovido a gerente de vendas e passei a ser responsável por manutenção e controle de estoque, realizar o DRE da filial, além de é claro administrar a equipe e fazer as metas serem batidas.

Em 2010 fui promovido a gerente de loja me tornando o gerente de loja mais novo da empresa, apenas durante 6meses porque nesse período foi promovido um rapaz 1ano e meio mais novo que eu, como gerente de loja todas as responsabilidades da loja passavam por mim e pela primeira vez senti o peso da responsabilidade de estar a frente de uma empresa, embora a empresa não fosse minha naquela filial eu era o representante em todas as instancias, pra ser sincero eu me apaixonei pelo trabalho de administrar na vida real, o que é bem diferente do que se aprende em sala de aula, e posso dizer que a Ricardo Eletro me ensinou muito mais sobre administração do que na faculdade ou em qualquer curso que fiz.

Segui alguns anos mais com minha vida no comercio, mas em 2014 decidi que não queria mais trabalhar para enriquecer os chefes e decidi voltar a abrir meu próprio negocio. Não vou falar sobre toda a trajetória passo a passo porque tive muitos negocios tanto bem sucedidos quanto mal sucedidos e alguns negocios funcionando simultaneamente, mas nesse período entre 2014 e 2017 tive uma empresa de bolinho de bacalhau(que funciona até hoje mas com outra direção), uma lanchonete, voltei a vender itens de mmorpg em blackmarcket e tive uma produtora de eventos.

De 2017 aos dias de hoje vou deixar pro próximo tópico já que minha carreira administrativa foi toda voltada para dança.

A Dança

Em 2017 comecei a trabalhar com dança e decidi iniciar um projeto que acabou se tornando meu sonho, minha escola de dança. Para isso acontecer precisei voltar a trabalhar para outros para entender o cenário como ele funcionava "por dentro" foi onde comecei a trabalhar como Diretor administrativo na Casa de Dança Carlinhos de Jesus, local onde aprendi a dançar e fiz parte da equipe de bolsistas por 4 anos antes de trabalhar lá, foi uma experiencia incrível e que me ensinou muito para começar meu projeto e acredito que pelo curto período de 1 ano em que trabalhei lá fiz um excelente trabalho apresentando um crescimento gigantesco no numero de frequentadores através dos bailes e um crescimento considerável no numero de alunos, além de ter conseguido otimizar a equipe e alguns custos.

Foi também no final de 2017 que a Tamara entrou em minha vida e começamos nosso namoro no dia 23 de dezembro de 2017 e passou também a fazer parte dos meus planos pro futuro. Inicialmente eu tinha me planejado para ficar 3 anos estudando o mercado e juntando o dinheiro necessário para abrir minha escola na zona sul do Rio de Janeiro em 2020. Com meu relacionamento com ela passei a dar aula e conhecer melhor o mercado de Duque de Caxias que fica na baixada, uma área totalmente diferente e bem distante de onde eu planejava, embora tenhamos nos conhecido na Casa de Dança Carlinhos de Jesus a vida dela era em Duque de Caxias e nós decidimos começar um trabalho juntos dando aula próximo a casa dela onde ela já tinha um pequeno publico, aos poucos fui me afastando do cenário da zona sul e me solidificando em Duque de Caxias que era uma área com grandes oportunidades visto a falta de bons profissionais formados na dança de salão e poucas opções de escolas(isso pra não dizer quase nenhuma). Mantive os planos de abrir uma escola mas mudei o lugar, o cenário de Duque de Caxias era carente de escolas e com publico dormente a ser explorado.

Com o trabalho crescendo e nossas redes sociais bombando já no final de 2019 pra 2020 fizemos nosso primeiro grande baile de final de ano e foi um sucesso maior que esperávamos e percebemos que estava na hora. Nossas turmas estavam cheias todos os dias, nossos bailes ficavam lotados e os alunos procuravam pelo nosso trabalho tendo toda semana chegada de alunos novos, então começamos a organizar a busca pelo espaço físico para iniciar a abertura da empresa e todos os processos para abrir a escola. Foi com tudo isso acontecendo que o inesperado pelo mundo aconteceu. A pandemia chegou e jogou um balde de agua fria em nossas cabeças.

Durante a pandemia fizemos alguns trabalhos online mas não era o suficiente então tivemos que buscar outros meios para sobreviver e o dinheiro que tinha guardado acabou. Ainda assim durante a pandemia nossos alunos nos ajudaram muito e tivemos a oferta de um investidor para abrir a escola e assim que foi anunciada a vacina recomeçamos os preparativos, alugamos um prédio e colocamos em pratica nosso plano com 1 ano de atraso. Em 15 de janeiro de 2021 nasceu nosso sonho a Nexo Espaço de Dança e Cultura.

A Nexo

A Nexo nasceu como uma escola com uma estrutura nunca antes vista na região. Eram 4 andares, 8 salas, cantina, banheiro em todas as salas e todos os ambientes climatizados. Professores de altíssima qualidade e aulas de varias modalidades, incluindo dança, teatro e alongamento e força.

Sabíamos que o momento não era propicio, principalmente porque tudo que podia ser feito pelo governo para dificultar o acesso a vacina foi feito, mas era uma oportunidade única onde o povo queria voltar a dançar mesmo com medo da pandemia e fomos um sucesso! Enquanto mantivemos as portas abertas, atendemos com maestria nosso publico e mudamos a vida das pessoas que tocamos através da dança e da arte.

Infelizmente em menos de 1 ano tivemos problemas sérios com o imóvel que aconteceram juntamente com problemas pessoais que nos impossibilitaram de ficar a frente de um negocio por um tempo e com muita dor depois de refletir bastante nossas possibilidades decidimos fechar as portas ao invés de manter e entregar um trabalho de qualidade mais baixa por falta de condições de atender bem nossos cliente. Fechamos a Nexo mas ela se manteve em nossos corações como vocês verão mais a frente se tornando algo diferente e renascendo, como Nexo Digital, mais uma vez destinada a ser grande!

Baile de inauguração da Nexo Espaço de Dança e Cultura

A Hive

Com o fechamento da Nexo me afastei por um tempo do mundo da dança e nesse momento conheci a Hive e a comunidade Hivebr e comecei a aprender mais sobre esse ecossistema, aprendi como postar com melhor qualidade, conheci outros projetos e tive oportunidade de aprender muito mais sobre blockchains, web3 e todo o ecossistema não só da Hive mas de tudo envolvido nesse mundo.

Bom a essa altura vocês já devem ter percebido que eu gosto de desenvolver um projeto e sou um pouco viciado em trabalho né... Conhecendo melhor o ecossistema da Hive foi impossível não pensar que aqui é o cenário perfeito para fazer a Nexo renascer como algo novo e voltar a tocar e mudar vidas, levar alegria através da cultura e dança para as pessoas sempre foi o objetivo da Nexo e a Hive era o cenário perfeito. Levaria cultura as pessoas e ensinaria elas a andarem por um caminho que elas não conheceriam de outra forma, e isso é uma via de mão dupla, com a Nexo Digital nós nos preparamos pra mostrar cultura a quem já está na Hive e também para mostrar a Hive aqueles que produzem cultura no seu dia a dia e são mal remunerados e pouco valorizados pelos seus trabalhos.

Não vou me aprofundar no projeto já que essa é minha apresentação pessoal, mas não podia deixar de falar dele que é o projeto ao qual tenho dedicado todo meu tempo no ultimo ano inteiro, mesmo ele só tendo sido inaugurado em janeiro desse ano.

Além do meu próprio projeto tento me manter o mais ativo que consigo na HiveBr comunidade que primeiro me acolheu e muito me ensinou e como um dos moderadores tento ensinar aos novos parte do que aprendi sempre que possível.

Quanto a LeoFinance tenho me planejado a alguns meses para iniciar minha jornada no LPUD mas pra ser sincero sempre acabo esquecendo ou priorizando outros investimentos, com a campanha incrível que está sendo feita decidi que era hora de focar nessa que é sem duvida a maior comunidade e com melhor estrutura dentro da Hive. Pessoalmente eu não gosto de escrever sobre finanças, embora eu leia bastante sobre tendo dentre meus autores favoritos da hive membros bem ativos da LF, mas a campanha tem mostrado que não é só sobre finança que se trata o conteúdo da leo. Além disso como eu comentei no discord da HiveBR eu não posso ver um chefe que quero enfrentar então essas aventuras me pegaram de jeito.rs Espero a partir de agora conseguir arrumar tempo pra fazer parte dessa grande comunidade. Sei que não tenho tempo para conquistar as grandes premiações desse desafio considerando todas minhas outras obrigações, mas só do network ganho e fazer parte dessa comunidade tendo incentivo para aumentar meu LP por exemplo já ta valendo.

Hoje sou apaixonado e um grande entusiasta da Hive, gostaria de ter mais dinheiro pra investir, mas a pandemia não foi gentil e o país onde vivo paga extremamente mal a todo tipo de artista e também a professores então nem queira imaginar o salario de um professor de dança.rs

Minha situação atualmente

Atualmente moro em Duque de Caxias com a Tamara e a nossa gata Ariel. Dou aula de dança 5 dias por semana, sem contar as aulas particulares que podem ser qualquer dia, sou Gerente administrativo da Escola Caxiense de Danças(@escadas),sou coreografo para festas e casamentos, produtor de eventos de dança, fundador da Nexo Digital e responsável por inserir o pagamento por criptomoedas na primeira escola de dança no Rio de Janeiro a receber cripto, no caso HIVE e HBD.

Minha dedicação a Hive e tudo que envolve ela atualmente supera de longe o tempo que me dedico ao meu trabalho com dança fora das redes, atualmente meu dia precisava ter ao menos 56horas pra conseguir fazer tudo com tranquilidade, como não da ainda pra esticarmos o dia vamos levando como da e fazendo tudo bem devagarzinho mas sem nunca parar.

Eu e Tamara

Ariel

leo3.webp

Conclusão

Essa foi minha apresentação a comunidade leo finance, espero que tenham gostado, para mais conteúdos me segue aqui. E se puder deixa seu upvote!

leo2.webp

Hey guys. Today I came to formally introduce myself to the Leo Finance community. Although I'm not really new to the community I've made very few posts here and I've never been very active because I've written little about finance. Until today, most of the posts I used the tag leofinance were about play2earn games and most of the time I ended up talking more about the gaming aspect than the investment. That changed with this amazing campaign that is happening around the new UI and threads and the way the campaign was done made me want to participate more and more and showed me that I don't need to talk only about finance to be part of the community.

So let's get to what matters, which is my presentation!

Leo1.webp

Who am I

My name is Filipe Valentim and at Hive I'm known as lipe100dedos. I'm a gamer, dancer, administrator, husband of Tamara Nascimento(@splinter100dedos) and father of Ariel(my cat <3 ).

Let's talk a little more about each of these features below.

Gamer

I can't remember a time in my life when I wasn't a gamer. I got my first video game at 3 years old and honestly I don't even remember it, it was an atari and many times I even forget that I ever had one. But it was at the age of 6 that I got my Master System and started my life in games with Alex Kid as my first addiction and Sonic my first passion. I refused to go to school without doing my morning game.

At the age of 6, I also discovered the board game Hero Quest, which started me in tabletop RPGs and increased my interest in games that made me think more than act, or at least made me think and act. And without knowing it, the story of a lifetime and all the preparation to be an MMORPG fanatic began.

In 2003 at the age of 16 I started playing Mu online and in a short time I discovered that I could earn money playing. At the time I had a relatively strong character and a Bless was worth around R$5 and I managed to get at least 5 a day and with a little luck if I dropped something rare I could make up to 50 in a very lucky day. Taking into account the minimum wage of R$240 in 2003, you can imagine how rich I felt playing, right? Of course, like all good gamers, most of it I used to improve my equipment and, like all good teenagers, I used what was left over to barbecue every weekend with friends and buy drinks since the only bill I had was my internet.

The games have decreased and I end up moving away and coming back from MMORPGs frequently, mainly Mu and Tibia that every year I end up returning even if only for 1 week to see that I really don't have time for MMO.lol With the shortage of time due to work I end up looking for games that take me less time like card games and idle games and that's how I discovered @splinterlands and Hive, but we'll talk about that later.

My Agility Elf Nymeria on Global Mu Online's Yggdrasil server

Administrator

Stopping to think about it, from a very early age he had an entrepreneurial attitude and a certain inclination for management. Having my first business, which I didn't even see as a business but I took it as one, at 16 with a page for buying and selling on Muonline's blackmarcket where I sold items that I picked up myself and intermediated items from third parties, since I had a certain credibility for already being known and being from a renowned guild.

During my adolescence and early adulthood I did a lot of things to earn money, most of them involved buying and selling game items and Magic: The Gathering cards which at the time was a rage, there was only one store in a distant neighborhood of where I lived where there was a significant single card sale and my teenage friends couldn't go because it was far away so I would buy the cards that fit in their deck and sell them putting a value on top. He also assembled decks and sold ready-made decks for prices below the initial decks sold in stores for those who had no problem using second-hand decks.

But none of the above was done with a business conscience. It was in 2007 at the age of 20 that I started my first formal job and had the experience of working in a large company. I started as a salesperson at the company Ricardo Eletro, and in 6 months of work I was promoted to assistant manager, thus having my first experience with business administration and at that moment I started to study administration at Unigranrio with the objective of progressing in my career within commerce. In 2008 I was promoted to sales manager and became responsible for maintenance and inventory control, carrying out the branch's SOR, in addition to, of course, managing the team and making sure the goals are met.

In 2010 I was promoted to store manager, becoming the youngest store manager in the company, only for 6 months because in that period a guy was promoted 1 year and a half younger than me, as store manager all the responsibilities of the store passed through me and for the first time I felt the weight of responsibility of being in charge of a company, although the company was not mine in that branch I was the representative in all instances, to be honest I fell in love with the job of managing in real life, which is very different from what you learn in the classroom, and I can say that Ricardo Eletro taught me much more about management than in college or any other course I took.

I continued with my life in commerce for a few more years, but in 2014 I decided that I no longer wanted to work to make the bosses rich and decided to start my own business again. I won't talk about the whole trajectory step by step because I had many successful and unsuccessful businesses and some businesses running simultaneously, but in that period between 2014 and 2017 I had a codfish cake company (which still works today but with a different direction) , a snack bar, I went back to selling mmorpg items on blackmarcket and I had an event producer.

From 2017 to today, I'll leave it for the next topic since my administrative career was all focused on dance.

The dance

In 2017 I started working with dance and decided to start a project that ended up becoming my dream, my dance school. For this to happen I had to go back to work for others to understand the scenario how it worked "from the inside" that's where I started working as Administrative Director at Casa de Dança Carlinhos de Jesus, where I learned to dance and was part of the scholarship team for 4 years before working there, it was an incredible experience that taught me a lot to start my project and I believe that for the short period of 1 year that I worked there I did an excellent job showing a huge growth in the number of visitors through the dances and a growth considerable number of students, in addition to having managed to optimize the team and some costs.

It was also at the end of 2017 that Tamara came into my life and we started dating on December 23, 2017 and it also became part of my plans for the future. Initially, I had planned to spend 3 years studying the market and saving the money needed to open my school in the south zone of Rio de Janeiro in 2020. With my relationship with her, I started teaching and getting to know the Duque de Caxias market better. it is in the Baixada, a totally different area and far away from where I planned, although we met at Casa de Dança Carlinhos de Jesus her life was in Duque de Caxias and we decided to start a work together teaching near her house where she I already had a small audience, little by little I was moving away from the scenario of the south zone and solidifying myself in Duque de Caxias which was an area with great opportunities given the lack of good professionals trained in ballroom dancing and few options of schools say almost none). I kept the plans to open a school but I changed the place, the scenario of Duque de Caxias was lacking in schools and with a dormant public to be explored.

With work growing and our social networks booming at the end of 2019 for 2020, we held our first big end of year dance and it was a bigger success than we expected and we realized it was time. Our classes were full every day, our dances were crowded and students were looking for our work, with new students arriving every week, so we began to organize the search for the physical space to start opening the company and all the processes to open the school . It was with all this happening that the unexpected for the world happened. The pandemic arrived and threw a bucket of cold water on our heads.

During the pandemic we did some jobs online but it wasn't enough so we had to look for other means to survive and the money we had saved ran out. Even so, during the pandemic, our students helped us a lot and we had an offer from an investor to open the school and as soon as the vaccine was announced, we started preparations again, rented a building and put our plan into practice 1 year late. On January 15, 2021, our dream was born, Nexo Espaço de Dança e Cultura.

Attachment

Nexo was born as a school with a structure never seen before in the region. There were 4 floors, 8 rooms, canteen, bathroom in all rooms and all air-conditioned environments. High quality teachers and classes of various modalities, including dance, theater and stretching and strength.

We knew that the moment was not propitious, mainly because everything that could be done by the government to make access to the vaccine difficult was done, but it was a unique opportunity where the people wanted to dance again even in fear of the pandemic and we were a success! While we kept our doors open, we masterfully served our audience and changed the lives of the people we touch through dance and art.

Unfortunately, in less than 1 year we had serious problems with the property that happened along with personal problems that made it impossible for us to stay in front of a business for a while and with a lot of pain after reflecting a lot on our possibilities, we decided to close the doors instead of maintaining and deliver lower quality work due to the lack of conditions to serve our customers well. We closed Nexo but it remained in our hearts as you will see later on becoming something different and being reborn, as Nexo Digital, once again destined to be great!

Opening Ball of Nexo Espaço de Dança e Cultura

A Hive

With the closure of Nexo, I withdrew from the world of dance for a while and at that moment I got to know Hive and the Hivebr community and started to learn more about this ecosystem, I learned how to post with better quality, I got to know other projects and I had the opportunity to learn a lot more about blockchains, web3 and the entire ecosystem not only of Hive but of everything involved in this world.

Well, by now you must have realized that I like to develop a project and I'm a bit of a workaholic, right... Getting to know the Hive ecosystem better, it was impossible not to think that here is the perfect scenario to make Nexo reborn as something new and playing again and changing lives, bringing joy through culture and dance to people has always been Nexo's goal and Hive was the perfect scenario. It would bring culture to people and teach them to walk down a path they would not have known otherwise, and this is a two-way street, with Nexo Digital we prepare ourselves to show culture to those who are already at Hive and also to show the There are those who produce culture in their daily lives and are poorly paid and undervalued for their work.

I'm not going to delve into the project since this is my personal presentation, but I couldn't stop talking about it, which is the project I've been dedicating all my time to over the last year, even though it was only inaugurated in January of this year.

In addition to my own project, I try to stay as active as I can in the HiveBr community that first welcomed me and taught me a lot and as one of the moderators I try to teach new ones part of what I learned whenever possible.

As for LeoFinance, I have been planning for a few months to start my journey at LPUD but to be honest I always end up forgetting or prioritizing other investments, with the incredible campaign being carried out I decided that it was time to focus on what is undoubtedly the largest community and with better structure within Hive. Personally I don't like to write about finance, although I read a lot about it having among my favorite hive authors very active LF members, but the campaign has shown that it's not just finance that leo's content is about. Also, as I commented on the HiveBR discord, I can't see a boss I want to face, so these adventures really got to me. lol I hope from now on I can find time to be part of this great community. I know I don't have time to win the big prizes in this challenge considering all my other obligations, but just the network I gained and being part of this community having an incentive to increase my LP, for example, is already worth it.

Today I am passionate and a big enthusiast of Hive, I would like to have more money to invest, but the pandemic has not been kind and the country where I live pays extremely poorly to all types of artists and also to teachers so don't even want to imagine the salary of a teacher of dance.rs

My current situation

I currently live in Duque de Caxias with Tamara and our cat Ariel. I teach dance 5 days a week, not counting the private lessons that can be any day, I am the administrative manager of Escola Caxiense de Danças(@escadas), I am a choreographer for parties and weddings, producer of dance events, founder of Nexo Digital and responsible for inserting the cryptocurrency payment at the first dance school in Rio de Janeiro to receive crypto, in the case of HIVE and HBD.

My dedication to Hive and everything that involves it currently exceeds by far the time I dedicate to my work with dance off the grid, currently my day needed to have at least 56 hours to be able to do everything calmly, as we can't stretch the day yet let's take it as we can and do everything very slowly but without ever stopping.

Me and Tamara

Ariel

leo3.webp

Conclusion

This was my presentation to the leo finance community, I hope you liked it, for more content follow me here. And if you can leave your upvote!

H2
H3
H4
3 columns
2 columns
1 column
4 Comments
Ecency